NOVO CORONAVÍRUS

ORIENTAÇÕES DO CONSELHO ESTADUAL DOS DIREITOS DO IDOSO – CEDI/PR

Considerando que:
A Organização Mundial de Saúde (OMS) decretou, em 11/03/2020, pandemia
mundial do Coronavírus;
O Governo do Estado do Paraná emitiu o Decreto nº 4230/2020, que dispõe sobre
medidas para enfrentamento de emergência de saúde pública de importância
internacional decorrente do Coronavírus – COVID-19;
As orientações da Secretaria de Saúde do Estado do Paraná;
A necessidade de prevenção para todos os cidadãos como medida de segurança e
proteção;
As pessoas idosas fazem parte do grupo de risco e são as mais suscetíveis ao
desenvolvimento de quadros graves da COVID-19 junto com portadores de doenças
crônicas, como diabetes, hipertensão, doenças cardiovasculares, pulmonares,
neoplasias;
O Conselho Estadual dos Direitos do Idoso – CEDI-PR soma esforços na divulgação
de orientações e medidas de prevenção da infecção pelo Coronavírus especialmente
dirigidas à população idosa e solicita aos Conselhos Municipais dos Direitos da
Pessoa Idosa do Estado do Paraná e gestores municipais que divulguem à
população idosa os cuidados e orientações das autoridades sanitárias no que diz
respeito à prevenção e cuidados da saúde;
Os sinais e sintomas da COVID-19 são principalmente respiratórios, semelhantes a
um resfriado ou gripe comum. Podem também causar infecções do trato respiratório
inferior, como as pneumonias.

Na população geral os principais sintomas são:
● Febre;
● Tosse seca;
● dificuldade para respirar;

Idosos, especialmente os frágeis, podem apresentar sintomas como confusão
mental, perda do apetite e prostração.
A Transmissão do Coronavírus costuma ocorrer no contato com pessoas ou
superfícies infectadas, por meio de secreções, como:
1 gotículas de saliva;
2 espirro;
3 tosse;
4 catarro.
O período médio de incubação do coronavírus (intervalo entre a data de contato com
o vírus e o início dos sintomas) é de 5 a 14 dias.

A melhor forma de evitar a contaminação é seguir a risca as
recomendações feitas pelas autoridades sanitárias, como as disponíveis em
http://www.coronavirus.pr.gov.br/

Aos idosos, especialistas da área do envelhecimento e a SESA-PR
recomendam:
o Evitar o contato com indivíduos com febre, coriza, tosse ou qualquer
sintomatologia aguda, com ou sem suspeita da infecção pelo coronavírus.
o Evitar contato com indivíduos que chegaram de viagens ao exterior e
nacionais.

o Evitar contato próximo com crianças, que podem apresentar a infecção pelo
coronavírus com poucos ou nenhum sintoma. Deve-se destacar que a criança tem
apresentado baixíssimo risco de ter complicações da doença, mas, seguramente, é
um importante vetor de transmissibilidade para os idosos.
o Evitar contato físico, como beijos, abraços, apertos de mão, mantendo
distância mínima de um metro nos contatos pessoais.
o Evitar levar as mãos aos olhos, nariz e boca.
o Evitar compartilhar copos, xícaras, talheres, toalhas, celulares, e objetos de
uso pessoal em geral.
o Lavar as mãos frequentemente, dando atenção às palmas e dorso, dedos,
unhas e punhos. A lavagem das mãos deve ser obrigatória para todos os
familiares/cuidadores/amigos que cheguem da rua, devendo ser feita de forma
correta, com duração mínima de 20 segundos. A lavagem deve ser feita também
após o manuseio de embalagens e produtos vindos do ambiente externo.
o Quando não puder lavar as mãos adequadamente, usar álcool gel 70%.
o Manter os ambientes e superfícies limpos e ventilados naturalmente (portas
e/ou janelas abertas).
o Evitar sair de casa e, particularmente o uso de transporte coletivo.
o Identificar familiares, amigos ou vizinhos que possam ajudá-lo nas suas
necessidades, dentro e fora do domicílio, como nas compras de alimentos e
medicamentos.
o Manter-se ativo no domicílio, evitando a imobilidade.
o Evitar frequentar grupos de convivência ou de 3ª idade.
o Evitar aglomerações, festas ou qualquer situação em que haja agrupamento
de pessoas, mesmo que sejam familiares.
o Os familiares/cuidadores de idosos frágeis que chegarem da rua devem
trocar de roupa e lavá-la ou colocá-la no sol, para reduzir o risco de contaminação.
Se possível, tomar um banho antes de entrar em contato com idoso.

o Manter alimentação equilibrada e hidratação adequada (2 litros diários se não
houver contraindicação).
o Não há indicação do uso de vitaminas, suplementos nutricionais ou qualquer
outro fármaco para aumentar a proteção contra a infecção.
o Evitar consultas, exames e procedimentos de rotina durante a pandemia,
sempre respeitando as orientações médicas.
o Procurar saber se no município de residência há telefone para orientações e
esclarecimento de dúvidas.
o Participar da campanha de vacinação anti-gripal que terá início dia 23 de
março, com prioridade para a população idosa.

A Secretaria da Saúde do Paraná disponibiliza os números 0800 644 4414
e (41)3330 4414 para esclarecimentos de dúvidas da população.
A prevenção é a melhor forma de combater o Coronavírus! Mantenha-se informado
no site: http://www.coronavirus.pr.gov.br e ajude a divulgar as dicas de prevenção!

Curitiba, 19 de março de 2020.

Jorge Nei Neves
Presidente do CEDI/PR

CAMPANHA DE ARRECADAÇÃO

Prezados,

Considerando a OMS ter declarado pandemia do COVID-19;

Considerando a maior taxa de letalidade do vírus se dar na pessoa idosa e em pessoas com comorbidades;

Considerando que os residentes das Instituições de Longa Permanência são pessoas idosas e muitas vezes com comorbidades;

Considerando a necessidade de prevenção nas Instituições de Longa Permanência de disseminação do COVID-19;

Considerando a premente necessidade das Instituições de Longa Permanência em receber auxílio para prevenir a disseminação de COVID-19 em seus residentes;

Considerando que nos Estados Unidos o epicentro de contaminação do COVID-19 ocorreu em uma Instituição de Longa Permanência, acarretando diversos óbitos de pessoas idosas residentes;

Considerando que o inciso III, do artigo 36 do Decreto nº 10.174/2019, prevê ser competência da Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos do Idoso coordenar, orientar e acompanhar as ações e as medidas para promoção, garantia e defesa da pessoa idosa;

O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa – CMDPI, vem por meio deste solicitar apoio da sociedade e comunidade em geral para arrecadação de materiais de higiene pessoal como sabonetes, álcool em gel, máscaras e luvas, a fim de serem doados às Instituições de Longa Permanência.

Sensibilizamos a todos acerca da importância dessa campanha, pois nessas Instituições residem grande parte do público idoso e muitas não possuem condições financeiras para compra de tais materiais.

Por fim, agradecemos a colaboração de todos para que juntos possamos auxiliar na prevenção da disseminação do COVID-19 entre o público idoso nas Instituições de Longa Permanência e assim preservar a saúde de nossos idosos.

As doações serão centralizadas nas dependências da Fundação de Assistência Social, na rua Joaquim Nabuco, 59 Fundos Shopping Palladium, antigo Hospital 26 de Outubro.

Horários de atendimento das 10h às 16h.

Atenciosamente,

Thais do Prado Dias Verillo

Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa

CARTA DE RECOMENDAÇÃO

Prezado Senhores:

O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa no uso de suas atribuições vem através deste documento recomendar algumas orientações a todos os Conselheiros, Pessoas Idosas e suas famílias, e sociedade civil como um todo.

Estamos passando por um momento delicado, vivenciando uma situação de extrema atenção à saúde coletiva. Para enfrentarmos a pandemia do Coronavírus (COVID-19), algumas medidas são necessárias e fundamentais para o bem-estar de todos, sobretudo para preservar as pessoas idosas, principal grupo de risco da atual doença.

Considerando que o Governo Federal solicitou aprovação para estado de calamidade pública no Brasil em razão da pandemia do novo Coronavírus.

Considerando que o Governo do Estado do Paraná publicou Decreto que dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do Coronavírus – COVID19.

Considerando que o Prefeito decretou situação de emergência em saúde pública no Município de Ponta Grossa para o enfrentamento da pandemia decorrente do novo coronavírus. O decreto permite com que sejam realizadas medidas preventivas mais eficazes na prevenção e no controle da doença.

Entendo que as pessoas Idosas e seus familiares, sociedade civil como um todo, e Conselheiros, em especial, deste Conselho têm como dever moral e civil de preservar o maior direito de todos, que é o direito à vida, isso se chama Responsabilidade Social.

Portanto, segue as atividades que estão suspensas:

  • Suspensão de reuniões com mais de 25 (vinte e cinco) pessoas em locais fechados, como: eventos esportivos, artísticos, bailes, culturais, políticos, científicos, comerciais, religiosos e similares;
  • Fica recomendado aos restaurantes, bares e lanchonetes para que seja mantido o afastamento mínimo de 1,50 m (um metro e cinquenta centímetros) entre as mesas, além do fornecimento de álcool em gel;
  • As praças públicas e academias ao ar livre foram fechadas por medida de segurança;
  • Suspensas as atividades dos Cecon’s, Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, entre outros, para evitar a reunião de grandes grupos;

Assim, solicitamos a todos os Conselheiros que monitorem atividades e ações que vão contra os princípios da preservação da vida das pessoas idosas.

Para reflexão: se a Itália que é uma das dez maiores potências econômicas mundiais, hoje chegou a lamentável situação de não atender os idosos com mais de 80 anos, diante das milhares pessoas com agravamento da doença, chegando ao limite da mais cruel das circunstâncias que escolher quem vivem e quem morre, imaginem essa situação no Brasil, onde as condições de saúde pública são mais limitadas.

Então, fica o recado deste Conselho que tudo que fizermos antes de uma pandemia parecerá alarmista, entretanto, tudo que fizermos depois dela parecerá insuficiente. Fiquem em casa!

Na certeza de podermos contar com a Vossa colaboração, desde já agradecemos.

Atenciosamente

Thais do Prado Dias Verillo

Presidente do CMDPI

Conselho discute transporte público para Idosos

No último dia 03 de Março de 2020, reuniram-se no Gabinete do Prefeito, representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Ponta Grossa – CMDPIPG: a Presidente Thais do Prado Dias Verillo e Conselheiras Delci Bonatto e Cláudia Coneglian; representantes da FASPG-Fundação de Assistência Social, Diretora da Proteção Social Básica: Tatyana Belo; representantes do CECON Nova Rússia: Amanda Silvério, Juliano Rosa e Bernadete Prestes; e representantes da AMTT-Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte de PG: Presidente Roberto Pelissari e a Diretora de Departamento de Trânsito Rosana da Cruz.

A reunião foi motivada diante das demandas e dificuldades relatadas pelos usuários idosos no transporte coletivo municipal de Ponta Grossa.
Foram tratados dos seguintes pontos:
• Necessidade de carteirinha para pessoa idosa com mais de 65 anos;
• Emissão de carteirinha de isenção para idosos de 60 a 64 anos;
• Definição de local para renovação do Cadastro;

Com relação aos Idosos com mais de 65 anos, ficou claro que os mesmos podem utilizar somente um documento com foto, para utilizar o transporte coletivo gratuitamente, sem necessidade de emissão de carteirinha específica. Com a condição de somente utilizar a porta da frente para entrar e sair, SEM passar a roleta.

Segue orientações da AMTT:

QUEM TEM DIREITO AO CARTÃO ISENTO?
São isentos do pagamento de tarifa AQUELES QUE POSSUEM IDADE IGUAL OU SUPERIOR A 65 (sessenta e cinco) anos, desde que DEVIDAMENTE IDENTIFICADOS.
Poderão ser identificados através de Identificação Civil e/ou RG/Cartão Isento.
Identificação civil: é atestada documento com foto, conforme Lei Federal 12.037, de 1o/10/2009. Não ocasiona giro da catraca.

OBSERVAÇÃO: – CARTÃO ISENTO COM ACOMPANHANTE: deve ser solicitado junto ao Ginásio Jamal Farjalah Bazzi – Ginásio da Pessoa com Deficiência.

ONDE DEVO SOLICITAR O CARTÃO ISENTO?
Solicite confecção ou renovação do cartão isento DIRETO NO SITE web.pontagrossa.pr.gov.br. Quem não tiver acesso ao site, dirigir-se a fundação do idoso(FAPI). Endereço: Rua Ernesto Vilela (Antiga Praça dos Bichos), Telefone: 3220-1065 – Ramal: 2079/2080.

QUAIS SÃO OS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA SOLICITAR O CARTÃO
ISENTO?

Apresentação do RG e CPF, pessoalmente – prova de vida.
Lei Federal 12.037, de 1o/10/2009 Art. 2o A identificação civil é atestada por qualquer dos seguintes documentos:
I – carteira de identidade;
II – carteira de trabalho;
III – carteira profissional;
IV – passaporte;
V – carteira de identificação funcional;
VI – outro documento público que permita a identificação do indiciado.
Parágrafo único. Para as finalidades desta Lei, equiparam-se aos documentos de identificação civis os documentos de identificação militares.

Referente ao cadastramento de idosos de 60 a 64 anos, a orientação da AMTT é que:

QUEM TEM DIREITO AO CARTÃO ISENTO?
AQUELES QUE POSSUEM ENTRE 60 (sessenta) a 65 (sessenta e cinco) ANOS, que APRESENTAREM CARTÃO ISENTO, na quantidade de 2 (duas) passagens por dia. Ocasiona giro da catraca.

QUAIS SÃO OS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA SOLICITAR O CARTÃO
ISENTO?

Solicite confecção ou renovação do cartão isento DIRETO NO SITE web.pontagrossa.pr.gov.br.
Verificar na FAPI os documentos necessários, e, após aprovado, dirigir-se ao PDV – VCG Terminal Central pessoalmente – prova de vida.

OBSERVAÇÃO: – CARTÃO ISENTO COM ACOMPANHANTE: deve ser solicitado junto ao Ginásio Jamal Farjalah Bazzi – Ginásio dos Portadores de Necessidades Especiais.

ONDE DEVO SOLICITAR O CARTÃO ISENTO?
Solicite confecção ou renovação, através de agendamento e documentos no fone
Telefone: 3220-1065 – Ramal: 2079/2080 – FAPI (FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE PROMOÇÃO AO IDOSO) – Praça Getúlio Vargas – av. Ernesto Vilela, s/n – Nova Rússia – Telefone: 3220-1065 – Ramal: 2079/2080

Enfim, foi uma reunião foi muito produtiva, as partes conseguiram alinhar as falas,
comprometeram-se a trabalhar juntos para a melhoria das dificuldades do Transporte Público para a Pessoa Idosa, algumas propostas foram discutidas, assim as Comissões de Políticas Públicas e Comunicação deste Conselho, reuniar-se-ão com representantes da Viação Campos Gerais (VCG), para colocar em prática uma das propostas do Plano Municipal do Idoso, que consiste na capacitação dos funcionários da Empresa VCG, envolvidos no transporte público municipal.

Lançamento do site!!

SEJA BEM VINDO!

Você está no site do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa – CMDPI do município de Ponta Grossa. Aqui você vai encontrar informações sobre a Rede de Atendimento a pessoa idosa, informações sobre as atividades do Conselho, eventos voltados para a área do idoso e muito mais. O site é resultado do trabalho da Comissão de Comunicação juntamente com a nova gestão do Conselho. O mesmo foi estruturado com base na Lei de Acesso à Informação (Lei n° 12.527, de 18 de novembro de 2011), e também na divulgação de atividades, eventos, datas comemorativas, entre outros assuntos pertinentes, visto que um Conselho de Direito tem a prerrogativa, conforme previsto na Constituição Federal, de Controle Social que é exercido por toda a sociedade.

Reunião Plenária do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa. Data: 17/02/2020.

Atenção: para a publicação de convites de eventos, avisos, fotos e demais materiais da Rede de Atendimento a Pessoa Idosa (governamental e Organização da Sociedade Civil), favor enviar material para: conselhodoidosopg@gmail.com (as sugestões serão passadas por comissão específica para autorização de publicação).

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora