NOVO CORONAVÍRUS

ORIENTAÇÕES DO CONSELHO ESTADUAL DOS DIREITOS DO IDOSO – CEDI/PR

Considerando que:
A Organização Mundial de Saúde (OMS) decretou, em 11/03/2020, pandemia
mundial do Coronavírus;
O Governo do Estado do Paraná emitiu o Decreto nº 4230/2020, que dispõe sobre
medidas para enfrentamento de emergência de saúde pública de importância
internacional decorrente do Coronavírus – COVID-19;
As orientações da Secretaria de Saúde do Estado do Paraná;
A necessidade de prevenção para todos os cidadãos como medida de segurança e
proteção;
As pessoas idosas fazem parte do grupo de risco e são as mais suscetíveis ao
desenvolvimento de quadros graves da COVID-19 junto com portadores de doenças
crônicas, como diabetes, hipertensão, doenças cardiovasculares, pulmonares,
neoplasias;
O Conselho Estadual dos Direitos do Idoso – CEDI-PR soma esforços na divulgação
de orientações e medidas de prevenção da infecção pelo Coronavírus especialmente
dirigidas à população idosa e solicita aos Conselhos Municipais dos Direitos da
Pessoa Idosa do Estado do Paraná e gestores municipais que divulguem à
população idosa os cuidados e orientações das autoridades sanitárias no que diz
respeito à prevenção e cuidados da saúde;
Os sinais e sintomas da COVID-19 são principalmente respiratórios, semelhantes a
um resfriado ou gripe comum. Podem também causar infecções do trato respiratório
inferior, como as pneumonias.

Na população geral os principais sintomas são:
● Febre;
● Tosse seca;
● dificuldade para respirar;

Idosos, especialmente os frágeis, podem apresentar sintomas como confusão
mental, perda do apetite e prostração.
A Transmissão do Coronavírus costuma ocorrer no contato com pessoas ou
superfícies infectadas, por meio de secreções, como:
1 gotículas de saliva;
2 espirro;
3 tosse;
4 catarro.
O período médio de incubação do coronavírus (intervalo entre a data de contato com
o vírus e o início dos sintomas) é de 5 a 14 dias.

A melhor forma de evitar a contaminação é seguir a risca as
recomendações feitas pelas autoridades sanitárias, como as disponíveis em
http://www.coronavirus.pr.gov.br/

Aos idosos, especialistas da área do envelhecimento e a SESA-PR
recomendam:
o Evitar o contato com indivíduos com febre, coriza, tosse ou qualquer
sintomatologia aguda, com ou sem suspeita da infecção pelo coronavírus.
o Evitar contato com indivíduos que chegaram de viagens ao exterior e
nacionais.

o Evitar contato próximo com crianças, que podem apresentar a infecção pelo
coronavírus com poucos ou nenhum sintoma. Deve-se destacar que a criança tem
apresentado baixíssimo risco de ter complicações da doença, mas, seguramente, é
um importante vetor de transmissibilidade para os idosos.
o Evitar contato físico, como beijos, abraços, apertos de mão, mantendo
distância mínima de um metro nos contatos pessoais.
o Evitar levar as mãos aos olhos, nariz e boca.
o Evitar compartilhar copos, xícaras, talheres, toalhas, celulares, e objetos de
uso pessoal em geral.
o Lavar as mãos frequentemente, dando atenção às palmas e dorso, dedos,
unhas e punhos. A lavagem das mãos deve ser obrigatória para todos os
familiares/cuidadores/amigos que cheguem da rua, devendo ser feita de forma
correta, com duração mínima de 20 segundos. A lavagem deve ser feita também
após o manuseio de embalagens e produtos vindos do ambiente externo.
o Quando não puder lavar as mãos adequadamente, usar álcool gel 70%.
o Manter os ambientes e superfícies limpos e ventilados naturalmente (portas
e/ou janelas abertas).
o Evitar sair de casa e, particularmente o uso de transporte coletivo.
o Identificar familiares, amigos ou vizinhos que possam ajudá-lo nas suas
necessidades, dentro e fora do domicílio, como nas compras de alimentos e
medicamentos.
o Manter-se ativo no domicílio, evitando a imobilidade.
o Evitar frequentar grupos de convivência ou de 3ª idade.
o Evitar aglomerações, festas ou qualquer situação em que haja agrupamento
de pessoas, mesmo que sejam familiares.
o Os familiares/cuidadores de idosos frágeis que chegarem da rua devem
trocar de roupa e lavá-la ou colocá-la no sol, para reduzir o risco de contaminação.
Se possível, tomar um banho antes de entrar em contato com idoso.

o Manter alimentação equilibrada e hidratação adequada (2 litros diários se não
houver contraindicação).
o Não há indicação do uso de vitaminas, suplementos nutricionais ou qualquer
outro fármaco para aumentar a proteção contra a infecção.
o Evitar consultas, exames e procedimentos de rotina durante a pandemia,
sempre respeitando as orientações médicas.
o Procurar saber se no município de residência há telefone para orientações e
esclarecimento de dúvidas.
o Participar da campanha de vacinação anti-gripal que terá início dia 23 de
março, com prioridade para a população idosa.

A Secretaria da Saúde do Paraná disponibiliza os números 0800 644 4414
e (41)3330 4414 para esclarecimentos de dúvidas da população.
A prevenção é a melhor forma de combater o Coronavírus! Mantenha-se informado
no site: http://www.coronavirus.pr.gov.br e ajude a divulgar as dicas de prevenção!

Curitiba, 19 de março de 2020.

Jorge Nei Neves
Presidente do CEDI/PR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: