CARTA DE RECOMENDAÇÃO

Prezado Senhores:

O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa no uso de suas atribuições vem através deste documento recomendar algumas orientações a todos os Conselheiros, Pessoas Idosas e suas famílias, e sociedade civil como um todo.

Estamos passando por um momento delicado, vivenciando uma situação de extrema atenção à saúde coletiva. Para enfrentarmos a pandemia do Coronavírus (COVID-19), algumas medidas são necessárias e fundamentais para o bem-estar de todos, sobretudo para preservar as pessoas idosas, principal grupo de risco da atual doença.

Considerando que o Governo Federal solicitou aprovação para estado de calamidade pública no Brasil em razão da pandemia do novo Coronavírus.

Considerando que o Governo do Estado do Paraná publicou Decreto que dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do Coronavírus – COVID19.

Considerando que o Prefeito decretou situação de emergência em saúde pública no Município de Ponta Grossa para o enfrentamento da pandemia decorrente do novo coronavírus. O decreto permite com que sejam realizadas medidas preventivas mais eficazes na prevenção e no controle da doença.

Entendo que as pessoas Idosas e seus familiares, sociedade civil como um todo, e Conselheiros, em especial, deste Conselho têm como dever moral e civil de preservar o maior direito de todos, que é o direito à vida, isso se chama Responsabilidade Social.

Portanto, segue as atividades que estão suspensas:

  • Suspensão de reuniões com mais de 25 (vinte e cinco) pessoas em locais fechados, como: eventos esportivos, artísticos, bailes, culturais, políticos, científicos, comerciais, religiosos e similares;
  • Fica recomendado aos restaurantes, bares e lanchonetes para que seja mantido o afastamento mínimo de 1,50 m (um metro e cinquenta centímetros) entre as mesas, além do fornecimento de álcool em gel;
  • As praças públicas e academias ao ar livre foram fechadas por medida de segurança;
  • Suspensas as atividades dos Cecon’s, Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, entre outros, para evitar a reunião de grandes grupos;

Assim, solicitamos a todos os Conselheiros que monitorem atividades e ações que vão contra os princípios da preservação da vida das pessoas idosas.

Para reflexão: se a Itália que é uma das dez maiores potências econômicas mundiais, hoje chegou a lamentável situação de não atender os idosos com mais de 80 anos, diante das milhares pessoas com agravamento da doença, chegando ao limite da mais cruel das circunstâncias que escolher quem vivem e quem morre, imaginem essa situação no Brasil, onde as condições de saúde pública são mais limitadas.

Então, fica o recado deste Conselho que tudo que fizermos antes de uma pandemia parecerá alarmista, entretanto, tudo que fizermos depois dela parecerá insuficiente. Fiquem em casa!

Na certeza de podermos contar com a Vossa colaboração, desde já agradecemos.

Atenciosamente

Thais do Prado Dias Verillo

Presidente do CMDPI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: